Fale conosco
+55 21 2042-1254 - RJ
+55 11 4200-8218 - SP
contato@4mstech.com
Voltar

Microsoft Azure Business Continuity Management: continuidade de negócios

Confiabilidade, disponibilidade e alta capacidade de recuperação são premissas básicas do Microsoft Azure desde sua criação. Mas você já parou para pensar como, mesmo depois de dez anos no ar e 32 datacenters implementados em mais de 3 continentes diferentes, a plataforma consegue manter o nível dos serviços prestados?

No blog post de hoje, vamos explorar juntos o Microsoft Azure Business Continuity Management, programa de gerenciamento de continuidade de negócios e recuperação de desastres que foi desenvolvido para garantir o alto nível de resiliência de todos os recursos de armazenamento, computação e administração da marca.

Metodologia BCM

Garantir que todos os serviços e produtos sejam entregues independentemente de desastres e a ameaças pode ser um desafio e tanto para qualquer empresa de tecnologia, principalmente diante dos ciberataques cada vez mais sofisticados e rápidos que acometem milhares de organizações mundo à fora.

Mas para a Microsoft, parceira estratégica da 4MSTech, essa sempre foi uma prioridade. Em ritmo de crescimento acelerado, a empresa trabalha desde 2007 com um uma abordagem centrada em pessoas, processos e tecnologias para elevar sua capacidade de recuperação e resiliência em todos os serviços e ofertas na nuvem.

Com uma metodologia única, o Business Continuity Management, que vai de avaliação, passando por planejamento e seguindo para validação de funcionalidade, é adaptável para todos os modelos de negócio Microsoft e tem planos testados, revisados e atualizados anualmente.

Como funciona na prática

Para cobrir uma vasta gama de possíveis incidentes e validar suas estratégias de acordo com a criticidade do serviço, o BCM cria categorias diferentes de cenários de teste que sempre levam em consideração tecnologias, pessoas e localizações.   

Isso quer dizer que serviços internos e externos são mapeados e compartilhados dentro da ferramenta de gestão, onde são criados registros de análises de impacto, força de trabalho, planos, testes, além de requisitos de disaster recovery baseados em padrões que possam ser certificados.

Uma vez que as informações estão disponíveis, testes abrangentes começam a acontecer. Na prática, desligamentos totais de zonas e regiões, sejam elas inválidas ou não, acontecem com frequência para simular interrupções e perdas e forçar equipes e clientes a colocarem em prática seus planos de recuperação.

De uma ponta a outra, todos os processos são executados como acontecimentos reais, sejam falhas em grande escala ou pequenos incidentes internos, para garantir prontidão e disponibilidade de todos os serviços Azure.

Reconhecido como um dos mais maduros do setor, o BCM é o único programa desenvolvido por um provedor de nuvem a receber o certificado ISO 22301 e segue em testes abrangentes. Para acompanhar sua evolução ou conhecer mais sobre os recursos oferecidos pela Microsoft, você pode entrar em contato conosco.

Capital Informacao
Capital Informacao

Nós usamos cookies para criar uma melhor experiência para você. Política de Privacidade