Compartilhe este post:

Informação vale ouro. Dados pessoais, bem filtrados e aplicados são ótimas referências de consumo e comportamento, quando fornecidos às mãos certas. Se vale tanto, precisa ser protegida, desde pequenas empresas às grandes corporações que recebem tais dados. Com isso, a segurança digital deve ser uma preocupação contínua para a preservação das informações fornecidas pelos usuários e para que a empresa esteja em conformidade com a lei vigente. E para regularizar esse que é um dos expoentes da Era Digital, o Governo brasileiro seguiu a tendência dos Estados Unidos e da União Europeia para publicar no Diário Oficial da União, no último dia 15 de abril, a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). A versão brasileira do documento entra em vigor no país a partir de agosto de 2020.